aparelhos-occlus-o-guide
Crianças e Adolescentes com dentes para fora têm 50% de chances de trauma dental. O que fazer? Como Tratar? E como prevenir?

Os dentes para fora (protusão dos incisivos) podem ser causadas por sucção de dedo, chupar o lábio inferior, ou devido as características genéticas do osso superior (maxila) para frente ou o osso inferior ( mandíbula) para trás. Os aparelhos fixos geralmente são indicados para melhorar a posição dos dentes (ortodônticos) e os aparelhos removíveis posicionadores são usados para melhorar a posição dos ossos (ortopédicos).

Os aparelhos OCLUSO-GUIDE é um aparelho removível ( monobloco), feito de material borrachóide, que é Miofuncional, posicionador e guia eruptivo. A vantagem desta combinação é permitir que o aparelho funcione como um ativador corrigindo relações horizontais – CL II Divisão 1ª (com retrusão mandibular e não protrusão maxilar) – e verticais dos maxilares, alinhamento dos arcos e intercuspidação.

A vantagem deste aparelho é o uso NOTURNO e de 3 a 4 horas durante o dia. Ainda pedimos para que o paciente faça alguns exercícios para ativar as fibras colágenas e a propriocepção.
O aparelho Guia de Erupção pode ser usado como “protetor bucal “ durante jogos e atividades de risco para traumas dentários. É possível usar mesmo quando o jogador usa aparelho fixo.
Para crianças com 8 a 11 anos o aparelho é Ocluso guide. O Nite-guide e o Interim G são utilizados até a erupção do 1º molar permanente (então em dentição decídua, crianças de 5 a 7 anos). Existem ainda outras séries desse aparelhos para outros usos específicos.

Os resultados mostram que casos tratados com os Aparelhos Guias de Erupção previnem ou diminuem 80% do uso da ortodontia corretiva.

Como Tratar:
1. Mudar o hábito com o método do livro “ Talentos que transformam hábitos”. A decisão do hábito saudável começa com a conscientização dos pais;
2. Motivar novas habilidades com o calendário do Sucesso, que é realizado de forma personalizada de acordo com a idade da criança e/ ou adolescente;
3. Avaliar a má oclusão (alterações nos dentes, ossos, funções) que pode ocorrer 40% devido o fator hereditário (genética) e 60% dependem do meio ambiente, ou seja, hábitos bucais ( chupeta, mamadeira e dedo), falta de mastigação, respiradores bucais, perdas dentárias e outros;
4. Encaminhar para profissionais especializados;
ORTODONTIA- Fonoaudiologia- Otorrino – Fisioterapia-
5. Tratamento preventivo com aparelhos preventivos
6. Acompanhar os novos hábitos e atitudes saudáveis com motivação do calendário do sucesso e retonos trimestrais para acompanhar o crescimento.

Por Drª. Paulene Cardoso, Ortodontista, Mastercoach, Palestrante de Ortodontia Multidisciplinar e Hábitos Saudáveis, autora do livro Talentos que transformam Hábitos.

Compartilhar: